19/09/2017

Trabalhadores dos Correios em Alagoas estão em Greve por tempo indeterminado

 

 

Os trabalhadores dos Correios em Alagoas decretaram, na noite desta terça-feira (19), greve por tempo indeterminado após a estatal ter diminuído ou retirado, em sua proposta, diversos direitos do último acordo coletivo de trabalho e não ter apresentado até o momento qualquer reajuste salarial.


De acordo com Altannes Holanda, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, “a empresa obriga a categoria a entrar em greve quando não apresenta nenhuma reposição econômica e, pior, retira direitos ao tentar nos proibir de levar, sempre que necessário, nossos filhos menores de idade ao médico”.


O presidente do Sindicato disse ainda que a categoria também cobra melhores condições de trabalho e a contratação de novos funcionários concursados. "Estaremos em greve até que a ECT apresente uma proposta justa de reposição salarial, ofereça melhores condições de trabalho e assegure nossos direitos trabalhistas. Mas, essa greve não é apenas para defender nossos direitos. É também para que o povo de Alagoas seja melhor tratado pelos Correios e tenha um serviço postal digno. Para isso, se faz necessário o reconhecimento salarial que até agora não veio, a contratação de novos trabalhadores concursados para que a população seja melhor atendida e, primordialmente, que a categoria seja reconhecida com a manutenção de todas as cláusulas do último acordo coletivo de trabalho”. Finalizou o presidente.


Os trabalhadores em greve irão se reunir, na manhã desta quarta-feira, em frente a agência dos Correios, localizada na Rua do Sol, Centro de Maceió, para pedir o apoio da população e pressionar a empresa para que negocie uma saída justa para os impasses que vem prejudicando a sociedade e os trabalhadores.

 

Até as 22 horas e 20 minutos desta terça-feira (19) decretaram greve os sindicatos de:

 

Alagoas

Amapá

Amazonas

Bahia

Brasília

Campinas

Ceará

Espirito Santo

Goiás

Juiz de Fora

Mato Grosso

Mato Grosso do Sul

Minas Gerais

Pará

Paraíba

Paraná

Pernambuco

Piauí

Ribeirão Preto

Rio Grande do Norte

Rio Grande do Sul

Santa Catarina

Santa Maria

Santos

São José do Rio Preto

Sergipe

Uberaba

Vale do Paraíba

 

Fonte:

Comentários

  • 20/09/2017 09:08:02 COSTA

    PARABENIZO AOS COMPANHEIROS DE LABUTA, COM ALGUNS DOS QUAIS TIVE O PRIVILÉGIO DE COMBATER O BOM COMBATE, PELA POSTURA AGUERRIDA FRENTE AOS ATAQUES DESTA TIRANIA TRAVESTIDA DE DEMOCRACIA. BOM SERIA QUE A CATEGORIA, COMO UM TODO, FIZESSE VALER O LEMA "A UNIÃO FAZ A FORÇA", PORÉM, INFELIZMENTE, COMO SEMPRE,MUITOS SÃO OS QUE DORMEM EM BERÇOS ESPLÊNDIDOS. TORÇO QUE ESSES ACORDEM, ENQUANTO HÁ TEMPO,POIS ESSE SONO PODE SER INTERROMPIDO POR UM GRANDE TERREMOTO QUE ESTÁ PRESTES A ACONTECER.

  • 20/09/2017 10:39:58 Glaudistone

    É muito triste a categoria ter que recorrer a greve para pleitear o que já é obrigação constitucional dos Correios. Enquanto houver indicação política em empresas públicas a população e agentes públicos irão sofrer com tais absurdos. Que Deus nos abençoe e nos proteja desses terríveis.

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas