03/10/2017

Ecetistas participam do Dia de Luta Pela Soberania Nacional

 

 

Os trabalhadores dos Correios em Alagoas, em greve desde 20 de setembro, participaram na manhã desta terça-feira (03), do Dia de Luta pela Soberania Nacional. O ato reuniu categorias de várias estatais ameaçadas de privatização ou sob os ataques da precarização e do entreguismo internacional.

 

Correios, Eletrobras, Petrobras, Banco do Brasil, Casa da Moeda e Chesf, são algumas das estatais sob forte desmonte do governo de Michel Temer e que já fazem parte de um amplo projeto de privatização que ameaça a soberania do País.


A concentração foi em frente à sede da Eletrobras, localizada na Av. Fernandes Lima quando, em seguida, os trabalhadores saíram protestando em passeata até a Praça Centenário, parte alta de Maceió.


De forma ordenada e com gritos de ordem para chamar a atenção da população, os trabalhadores protestaram contra o governo federal e pediram a não privatização das empresas públicas para preservar o patrimônio do povo brasileiro e a soberania nacional.

 

Para quem não sabe, caso as estatais brasileiras sejam entregues ao capital estrangeiro, empresas multinacionais passarão a ter o controle de grande parte da produção brasileira e remeterão todo o lucro para seus países de origem prejudicando a economia nacional e, consecutivamente, os trabalhadores.

 

Somente com a luta e a resistência a esse projeto entreguista, é que a população poderá barrar a entrega gratuita do patrimonio nacional ao capital estrangeiro que pretende ver o Brasil de joelhos para não ameaçar a hegemonia econômica mundial dos países considerados de primeiro mundo.

 

ARQUIVOS ANEXOS:
Fonte:

Comentários

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas