26/01/2018

Sintect/AL não concorda com mudanças no cargo de OTT

 

    

     Circula pelas redes sociais desde ontem, 25/01, que a ECT aprovou  em reunião do Conselho de Administração, mudanças no cargo de OTT e que tais mudanças, no nosso entendimento, serão prejudiciais aos trabalhadores.

     É importante destacar que não houve ainda informe oficial da empresa para as Federações, porém, a informação foi confirmada por um membro do Conselho de Administração.

     Caso confirmadas, as mudanças são péssimas e trazem consequências danosas a muitos companheiros que já sofrem no dia-a-dia com a sobrecarga de trabalho. Além de se falar na extinção do cargo, há a terceirização nos serviços realizados por esses companheiros e companheiras.

     O Sintect/AL não aceita em hipótese nenhuma que a empresa tome atitudes unilaterais desta forma, ainda mais quando se trata de possíveis incertezas quanto a vida laboral dos trabalhadores. A Fentect já solicitou uma reunião oficial com a ECT para mais detalhes acerca do assunto e, caso se confirme, medidas jurídicas serão encaminhadas para garantir direitos dos trabalhadores.

     São cerca de 13 mil profissionais OTT‘s no país, que têm a responsabilidade de mais de 30 milhões de objetos 365 dias por ano, com muito trabalho, empenho e dedicação. Todos merecem respeito e devem dizer a empresa, em alto e bom som, que a sua dignidade não está a venda.

Fonte:

Comentários

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas