15/03/2018

ECT acumula encomendas em Rio Largo e prejudica população

 

 

A cidade de Rio Largo, localizada na região metropolitana de Maceió, continua sendo vítima da precarização nos Correios. Desta vez, o estouro de encomendas na agência postal do município vem causando transtornos e irritando clientes que, cansados de esperar, reclamam do péssimo serviço na cidade.


A unidade postal está completamente tomada por dezenas de encomendas espalhadas pelo chão numa total ausência de critérios ou senso de organização. Esse absurdo é resultado do descaso, da falta de estrutura ou do mau planejamento dos Correios que só faz piorar esse tipo de situação.


Semana passada o único veículo disponível para atender a demanda do município foi levado para a revisão e não voltou. Entretanto, o Sintect-AL já reclamou da sobrecarga de encomendas para a Superintendência dos Correios e até o momento nada foi resolvido.


Lamentamos o descaso com o povo de Rio Largo e, mais que nunca, temos a certeza de que os problemas vêm se agravando e não são resolvidos pela empresa. Fato confirmado em razão da morosidade ou indiferença de alguns gestores de plantão.


Este e outros absurdos já denunciados, a exemplo do que está acontecendo na cidade do Pilar, são uma vergonha e uma lástima para os Correios. Estatal que vem sendo cada vez mais sucateada para posterior privatização.

Fonte:

Comentários

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas