25/06/2018

Negligência se repete e CDD Carlos Olímpio volta a ser tomado pelo mato

Área externa do CDD denuncia abandono da ECT

 

 

 

O CDD Carlos Olímpio continua em situação de abandono. Há um ano o Sintect-AL denunciou neste site o matagal que tomava conta da unidade de distribuição e o descaso da ECT/AL em zelar pelo patrimônio e local de trabalho de dezenas de companheiros.


Localizado na parte alta de Maceió, o CDD Carlos Olímpio historicamente vem sofrendo com a negligência e o descaso. Atualmente ele se encontra tomado pelo mato e sem qualquer atenção dos gestores que deveriam primar pela salubridade e segurança do lugar.

 

Infelizmente os Correios relegam o Carlos Olímpio a uma condição de abandono e desconsidera a importância da unidade postal e os relevantes serviços prestados por carteiros e ott’s a milhares de usuários em regiões sofridas de Maceió.

 

O abandono representa um verdadeiro atentado contra o patrimônio público e aos companheiros que todos os dias buscam cumprir suas obrigações profissionais atendendo da melhor maneira possível os usuários postais na região.

 

O descaso com o CDD Carlos Olímpio é uma comprovação incontestável de que falta zelo pela coisa pública e respeito aos trabalhadores. Fato é que os ecetistas vivem reféns de uma empresa incapaz de oferecer um ambiente de trabalho limpo e seguro e que deixa o mato tomar conta de uma unidade de distribuição de grande importância para os moradores da parte alta de Maceió.

 

O matagal no CDD Carlos Olímpio representa a negligência administrativa da ECT e o reflexo da descabida falta de respeito com os trabalhadores. A situação é vexaminosa e diz muito sobre a empresa nos dias de hoje.

ARQUIVOS ANEXOS:
Fonte:

Comentários

  • 26/06/2018 07:56:46 Alex

    Mais uma vez o Sintect-Al está de parabéns.
    E acrescentando,o abandono total por parte da empresa,faz com que gerente e funcionários gastem do próprio bolso. Comprando ferrolhos para as portas dos banheiros e acento sanitário. Sem contar ainda com os escorpiões, caramujos e ratos.
    Sem segurança e um portão elétrico quebrado.Condicionadores de ar que não esfriam. Televisão que não funciona.Lama na entrada do cdd, onde funcionários e clientes tem que fazer malabarismo p entrar... E outras mais.

  • 26/06/2018 10:33:16 João e Maria

    Enquanto tivermos gestores oportunistas e baderneiros como muitos nessa empresa, viveremos esse caos se agravando cada vez mais.

  • 28/06/2018 17:05:17 carteiro

    Que desprezo

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas