05/07/2018

Administração dos Correios em Alagoas menospreza Rio Largo e prejudica população

 

     A população de Rio Largo, município pertencente a Grande Maceió, mais uma vez vem sendo vítima da má administração postal em Alagoas. Não é de hoje que o povo da cidade vem sendo colocado em segundo plano e tratado com desdém pela Superintendência Regional dos Correios no estado.

     Sem rumo e mergulhada num caos administrativo sem precedentes, a gestão estadual da ECT determinou que o único veículo utilizado para a entrega das encomendas no município vizinho fosse deslocado para Maceió a fim de ser utilizado na entrega das encomendas da capital.

     A atitude causou indignação entre diversos trabalhadores dos Correios na região. Para piorar, a ECT/AL vem tencionando para que os carteiros de Rio Largo assumam o ônus de, sem veículo e sem qualquer condição de trabalho, entregar a pé dezenas de encomendas que estão acumuladas na cidade.

     Por várias vezes o Sintect-AL e os companheiros de Rio Largo saíram em defesa da população realizando protestos para exigir a melhoria das condições de trabalho e um melhor serviço postal para todos. Mas, infelizmente o que se ver é uma postura seletiva dos Correios que vem prejudicando o serviço postal em Rio Largo numa tentativa de diminuir as mazelas que assolam a capital. Atitude impopular e ineficiente já que Maceió também vem sofrendo com a desordem administrativa que atinge toda Alagoas.

     O Sintect-AL discorda desse tipo de medida paliativa por entender que tanto Maceió quanto qualquer outro município alagoano devem ser tratados de modo recíproco, sem distinção de qualquer natureza. Até porque, os Correios têm a obrigação constitucional de atender o povo brasileiro sem fazer diferença entre quem mora na capital ou no interior.

     Portanto, tirar o único veículo de Rio Largo e mandá-lo para Maceió, apenas gerou mal- estar entre os colegas de trabalho e não resolveu o problema de sucateamento postal na região. Por fim, todos já estão “carecas” de saber que somente uma administração inteligente e organizada, com gestores que arregacem as mangas para resolver o caos instalado nos Correios, levará a empresa de volta ao caminho da eficiência postal em Alagoas. Algo que, pelas atitudes desta administração, nos parece difícil e impensável acontecer.

     Com isso, sofre o povo de Rio Largo e sofremos todos nós!

 

 

 

Fonte:

Comentários

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas