29/12/2018

Sintect-AL pede a ECT solução para problemas com smartphones operacionais

 

 

O Sintect-AL enviou, na manhã da última quinta-feira (27), carta endereçada ao superintendente estadual dos Correios, Edmilson Bezerra, solicitando providências para os problemas apresentados pelos smartphones operacionais utilizados na distribuição de cartas e encomendas.

 

Baterias inchadas e superaquecidas, com possível risco de explosão, têm preocupado carteiros e demais trabalhadores envolvidos na entrega dos objetos postais. Além das baterias, o dispositivo móvel vem apresentando travamento do sistema operacional e alguns displays não atendem aos toques de comando.

 

Os defeitos têm levado a perda de tempo durante a distribuição já que os aparelhos precisam ser constantemente reiniciados para garantir o mínimo de funcionalidade. “Meu smartphone está com a bateria inchada e travando com frequência. A minha gerência já tem ciência do problema, só que até agora ninguém resolveu nada. Enquanto isso, eu tenho que ficar reiniciando o aparelho e pensando que ele pode explodir a qualquer momento e me causar graves lesões”. Informou um carteiro que pediu para não ser identificado.

 

O Sintect-AL espera o mais rápido possível uma solução para o problema a fim de assegurar a tranquilidade e a integridade física dos trabalhadores.

 

Fonte:

Comentários

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas