10/04/2019

Trabalhadores de Piaçabuçu sofrem com descaso da ECT/AL

Foto: piacabucunews.com

 

Apegado ao cargo, superintendente está acabando com a empresa

 

 

Os companheiros da agência postal de Piaçabuçu, município distante 137 quilômetros de Maceió, estão sofrendo com a incompetência e o abandono da Superintendência Estadual dos Correios em Alagoas.


Cansados de esperar pelo conserto dos dois condicionadores de ar da agência (quebrados há meses, diga-se de passagem) funcionários e clientes reclamam constantemente das altas temperaturas na única unidade postal da cidade e demonstram grande indignação com o descaso do superintendente da ECT/AL.


Infelizmente, por todo o estado, a impressão que diversos ecetistas têm é a de que a estatal está estagnada, pois, para muitos, essa administração parou no tempo e o serviço postal e a categoria vem sofrendo as consequências.


Lamentavelmente, o governo federal ainda não se atentou para o que está ocorrendo no serviço postal de Alagoas; demora para pôr fim a uma gestão incompetente e iniciar uma administração que tenha compromisso e zelo pela população e pela coisa pública.


Como nada muda, as pessoas derretem no calor absurdo em vários setores de trabalho enquanto a empresa afunda num mar de abandono e marasmo frutos da desídia de um gestor que nunca disse para que veio e que, apegado ao cargo e a estrutura da ECT, não tem a hombridade de pedir pra sair para que a empresa seja salva enquanto ainda há tempo.


Entregue o cargo superintendente, sua incompetência está acabando com os Correios de Alagoas. Os companheiros de Piaçabuçu continuam esperando por providências!

Fonte:

Comentários

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas