16/01/2020

CDD Ponta Verde está entregue às baratas

 

 

Considerado na década de 1990 um dos melhores Centros de Distribuição Domiciliária de Maceió, o CDD Ponta Verde vive um momento de total abandono. Hoje os carteiros realizam seus trabalhos internos em meio a lâmpadas queimadas que nunca foram substituídas pela administração da ECT.


Mas os problemas não param por aí. Em pleno verão, três condicionadores de ar estão quebrados, o que obriga os funcionários do setor a trazerem ventiladores de casa para poder trabalhar e vencer o calor insuportável.


Enquanto isso, no mundo do faz de conta, o superintendente estadual ainda ousa aparecer na unidade de trabalho como se nada estivesse acontecendo. Sem brilho em sua gestão, o mandatário que não manda em nada desfilou pelo salão dos carteiros sem ser notado, pois sua presença de corpo e ausência administrativa se confundem com a escuridão da sua gestão na ECT de Alagoas.

 

O CDD Ponta Verde é um dos inúmeros exemplos dessa administração desastrosa que parece se perpetuar e mergulha a cada dia o serviço postal na Idade das Trevas. Definitivamente as luzes não foram feitas para quem desdenha dos ecetistas e vive no mundo da ilusão fazendo de conta que tudo está às mil maravilhas.

 

Enquanto o CDD Ponta Verde vai paulatinamente ficando às escuras e companheiros sofrem com o calor, a Superintendência Estadual permanece fria e insensível com os problemas da categoria. Eis aí um péssimo exemplo de administração pública que em nada contribui com os Correios brasileiros.


Muda Superintendência. Muda enquanto ainda há tempo!

Fonte:

Comentários

  • 16/01/2020 18:23:12 João e Maria

    Esse SE espertalhão quer largar a boquinha, claro que não! Ganha sem fazer nada!

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas