20/01/2020

CDD Carlos Olímpio está abandonado há anos

 

 

 

Eis o CDD mais abandonado de Maceió. São inúmeras as denúncias que o Sindicato fez sobre as péssimas condições predial e de trabalho no Centro de Distribuição Domiciliária Carlos Olímpio. Entretanto, parece que a superintendência estadual dos Correios não tem qualquer apreço pela unidade de trabalho e a deixa ao relento, a deterioração implacável do tempo sem qualquer medida que efetivamente preserve o setor.


Paredes sujas, toldo em péssimo estado de conservação e um setor abandonado que chega a mexer com a autoestima dos trabalhadores ali lotados. Esta é a realidade de um dos CDD‘s mais importante da capital.

 

Trabalhar no Carlos Olímpio é um desafio que diariamente carteiros, operadores de triagem e demais companheiros enfrentam ao se deparar com a poluição visual e a falta de estrutura da unidade.


Se alguém quiser entender as razões que levam ao descaso em vários setores de trabalho dos Correios em Alagoas e a quantas anda a administração do superintendente estadual, basta chegar no CDD Carlos Olímpio e testemunhar o cenário de abandono – reflexo de uma Superintendência capenga, conduzida por um “gestor” cujo único grande feito em todos estes anos foi lançar selos postais e nada mais.


Portanto, enquanto os trabalhadores cumprem suas obrigações com profissionalismo e essa gestão definha diuturnamente sem qualquer perspectiva de melhora, o serviço postal em Alagoas vive assim – jogado às moscas.

A categoria vem fazendo sua parte. Resta saber quando o superintendente e seu staff farão a deles.

 

Abaixo algumas fotos que denunciam a realidade do setor.

ARQUIVOS ANEXOS:
Fonte:

Comentários

Comente esta notícia:
Nome:  
Comentário:    
Compartilhe esta notícia:
Seu Nome:
Nome Destinatário:
Email Destinatário:
Informe o número que aparece na imagem ao lado  
Rua Ceará, 206 Prado
57010-350
Maceió - Alagoas