(82) 3326-4454
sintect-al@uol.com.br

Carteiros sofrem com falta de estrutura em Rio Largo

22/07/2021

...

 

 

Os companheiros da unidade de distribuição de Rio Largo continuam abandonados pelos Correios de Alagoas. Sem bancadas para a triagem das encomendas, os objetos estão sendo manipulados no chão e os companheiros estão reclamando de dores na coluna porque os Correios não respeitam a ergonomia no setor.


Diariamente a cena se repete com dezenas de encomendas espalhadas enquanto cada trabalhador da unidade passa duas, três horas tentando organizar oitenta, cem, cento e vinte objetos postais para a posterior distribuição em meio ao adoecimento destes companheiros no setor.


A indiferença com o serviço postal em Rio Largo já é uma velha conhecida do Sindicato. Sai superintendente, chega superintendente enquanto os problemas persistem e só pioram. As justificativas são as de sempre: “falta de dinheiro para comprar as bancadas de triagem”. Na verdade, o que falta é espírito público e interesse administrativo para não deixar os Correios da cidade chegar ao fim do poço do descaso e da irresponsabilidade ao longo de todos esses anos.


Para piorar, o local continua insalubre com calor excessivo em razão dos condicionadores de ar quebrados e sem condições mínimas de trabalho que preservem a saúde dos companheiros que todos os dias se sacrificam para atender a população da cidade.


Após a última troca de superintendente, o Sintect-AL continua aguardando as mudanças significativas nos Correios de Alagoas. Como elas não chegam, já está avaliando mais este caso absurdo para outra vez denunciar a empresa pelas péssimas condições de trabalho e exigir respeito para a categoria em meio a este descaso e negligência com a saúde de todos os que se dedicam na unidade de distribuição de Rio Largo.


Rua Ceará, 206 Prado Maceió - Alagoas 57010-350
SINTECT ALAGOAS 2021
(82) 3326-4454 sintect-al@uol.com.br